Qual a diferença entre o valor de aquisição e o valor de avaliação de um imóvel?

Qual a diferença entre o valor de aquisição e o valor de avaliação de um imóvel?

A diferença entre os dois valores tem impacto na contratação de um crédito habitação ao comprar uma casa. Fique a perceber porquê neste artigo. 

28 Mar 20244 min

Gostou do que leu? Partilhe!

Vai comprar casa através de financiamento e quer um apoio junto a si para lhe explicar todo o processo e conceitos? A Poupança no Minuto pode fazer isso, sem qualquer custo, guiando-o para a melhor proposta de crédito para si! Mas leia antes o que difere o valor de aquisição do valor de avaliação. 

O que é o valor de aquisição e o valor de avaliação de um imóvel? 

Na compra e venda de casa, pode deparar-se com vários conceitos relativamente ao valor do imóvel em transação. Mas aqueles que deve (mesmo) saber, pois vão impactar o capital de entrada que tem de dar no processo se recorrer a crédito habitação, são o valor de aquisição e o valor de avaliação. 

No geral, o valor de aquisição corresponde ao valor estipulado pelo proprietário de um imóvel para o vender, e o valor de avaliação é o valor pelo qual o imóvel é avaliado por peritos específicos. 

A avaliação do imóvel tem como objetivo chegar ao valor real de uma propriedade, para efeitos do crédito habitação. Por forma a que o banco compreenda quanto vale a habitação e avalie o valor a conceder de empréstimo. Pelo que, pode ser efetuada em duas situações - na contratação de um novo crédito habitação, ou na transferência do crédito para outro banco (uma vez que se o imóvel foi comprado há 10 anos, não terá agora o mesmo valor de avaliação). 

Note que o rácio entre o valor financiado pelo banco e o valor do imóvel denomina-se Loan-to-value (LTV), e o rácio entre o valor do financiamento e o valor de construção de um projeto imobiliário define-se por Loan-to-cost (LTC). Estes dois valores vêm explicitados na Ficha de Informação Normalizada Europeia (FINE).

Qual o impacto da diferença entre o valor de aquisição e avaliação no crédito habitação? 

Mas aquilo a que deve atentar, face à diferença entre estes dois valores, é que, no momento de o banco financiar (no máximo, 90% em caso de crédito para habitação própria permanente), vai emprestar a percentagem correspondente ao valor mais baixo entre os dois - aquisição ou avaliação

O que significa que o valor pelo qual será avaliado o imóvel vai ter um impacto direto (que pode ser negativo ou positivo) no valor que tem de disponibilizar inicialmente à cabeça. 

Vamos perceber melhor através de um exemplo: imagine que vai comprar um imóvel com um valor de aquisição de 300.000 euros, mas o imóvel é depois avaliado por um valor de 285.00 euros. 

Se inicialmente o banco se propôs a emprestar 90% para o crédito habitação com finalidade própria permanente, significa que iria emprestar 270.000 euros e que teria de ter um capital próprio inicial disponível de 30.000 euros. 

Porém, se o imóvel foi depois avaliado em 285.000 euros, por ser o valor mais baixo, o banco vai apenas emprestar 90% deste valor, ou seja, 256.500 euros. No entanto, note que o valor de aquisição se vai manter o mesmo por parte do proprietário. O que significa que o capital próprio inicial que tem de ter disponível neste caso para dar de entrada é 43.500 euros (mais 13.500 euros que na situação anterior). 

No entanto, perceba que também o inverso pode ocorrer. O avaliador poderia avaliar o imóvel em 310.000 euros e, aí, o banco continuava a emprestar 90% do valor mais baixo, neste caso, o valor de aquisição - 300.000 euros. 

Isto demonstra a importância entre compreender bem a diferença entre estes dois conceitos antes de mergulhar num processo de crédito habitação. 

Também é de extrema relevância ter acesso aos melhores serviços, em especial a um bom serviço de avaliação do imóvel pois quanto mais especializado, mais detalhado e maior a garantia de que será um relatório realista. 

Para este efeito, deve ter consigo um apoio de profissionais experientes no mercado, como os intermediários de crédito da Poupança no Minuto. De forma gratuita, os agentes ajudam a garantir toda a comunicação com as financeiras, tratam de toda a burocracia e encontram os melhores serviços e a melhor proposta de crédito para si! 

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Crédito habitação