Transferência do crédito habitação, tenho de duplicar os seguros de vida e multirriscos?

Transferência do crédito habitação, tenho de duplicar os seguros de vida e multirriscos?

Para transferir o crédito habitação, deve ter em conta os seguros associados ao financiamento: Se o banco para o qual vai transferir sugerir a contratação dos seguros na seguradora parceira, para melhores condições de crédito, lembre-se de que não pode cancelar as outras apólices sem ter vendido o imóvel. Então, o que fazer nesta situação? Explicamos tudo neste artigo. 

25 Oct 20234 min

Gostou do que leu? Partilhe!

Precisa de esclarecer questões relativas a créditos e seguros? Os agentes da Poupança no Minuto disponibilizam serviços gratuitos de intermediação de crédito e mediação de seguros. Contacte-nos já ou fique a perceber melhor o que acontece aos seguros no caso de transferir o empréstimo hipotecário, em seguida. 

Crédito habitação: Deve ter associado seguro de vida e seguro multirriscos 

No momento de contratar um crédito habitação, os bancos exigem que contrate dois seguros: Um seguro de vida e um seguro multirriscos. É um passo mandatário de forma que o financiamento seja aprovado, para que o banco se proteja caso decorra uma situação imprevista. 

Então, o seguro de vida protege a instituição bancária caso o titular do crédito sofra uma doença ou acidente que o impeça de ganhar rendimentos e reembolsar as prestações do empréstimo. Ao mesmo tempo, o seguro multirriscos protege o imóvel no caso de ocorrer algum sinistro ao mesmo. Dependendo das coberturas, pode também cobrir o recheio do imóvel. 

Pode procurar a seguradora mais adequada 

Por norma, os bancos pedem que contrate os seguros na seguradora associada aos mesmos, mas saiba que não é obrigado a fazê-lo. Pode procurar a seguradora que mais faça sentido para si e lhe ofereça a melhor proposta face ao custo-benefício. O que pode acontecer, neste caso, é o banco aumentar o spread do crédito em contrapartida, mas, ao fazer contas, muitas vezes compensa perante o quanto fica a poupar com os seguros numa entidade exterior ao banco. 

Mas colocando a seguinte situação: já tem o crédito habitação contratado e, na altura em que efetuou o processo, contratou os seguros na seguradora associada. E agora pretende transferir o crédito habitação. A questão coloca-se: O que deve ser feito aos seguros? Será possível cancelar a apólice antecipadamente nestes casos? Vejamos em seguida. 

Quero transferir o crédito habitação, o que faço aos seguros? 

Se, por falta de conhecimento ou por ter considerado vantajoso, quando contratou o seu crédito habitação optou pela seguradora associada ao banco para contratar os seguros exigidos (de vida e multirriscos), ao querer transferir o crédito habitação podem existir algumas questões. Uma vez contratados os seguros na seguradora parceira do banco, ao transferir o crédito, o que acontece aos seguros?  

O que acontece, muitas vezes, é que ao transferirem o crédito, os clientes esquecem-se dos seguros e contratam novas apólices na seguradora do banco para o qual transferiram, por sugestão do mesmo (para melhores condições de financiamento). Deixando os outros seguros ainda ativos e ficando com seguros duplicados, sem necessidade. 

Como precaver a duplicação de seguros? 

Então, o que deve ser feito para precaver esta situação? Por norma, estes seguros só podem ser cancelados em dois casos: ao não renovar a apólice, o que implica esperar até à data da renovação seguinte, ou na venda do imóvel.  

Neste caso, como o imóvel não é vendido, mas a dívida é terminada no primeiro banco, deve atentar que é um assunto que terá de tratar diretamente. 

Por isso, para precaver a contratação de seguros duplicados, pode: Sugerir ao novo banco manter os seguros atuais que tem, caso esteja satisfeito. Ou, se considerar que compensa, avançar com a transferência dos seguros para a nova seguradora. É verdade, tal como transfere a hipoteca, pode também mudar os seguros para uma nova entidade. 

Apesar de não acontecer de forma automática, ou seja, ao transferir o crédito não transfere também os seguros, é possível pedir a transferência na seguradora atual. 

Para que não falhe nenhum passo, pode recorrer a um intermediário de crédito/mediador de seguros como a Poupança no Minuto para o acompanhar nos processos de transferência, tanto de crédito habitação como de seguros. 

Garanta que alcança a maior poupança possível com os seus encargos e prestações mensais, com a ajuda de um serviço gratuito e personalizado. Contacte a Poupança no Minuto, poupe-se a burocracias, desafios e poupe no orçamento! 

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Crédito habitação