Casas encareceram (significativamente) em 2023

Casas encareceram (significativamente) em 2023

O preço das casas ao longo de todo o 2023 foi subindo, no geral, com especial foco em 17 capitais de distrito. Mas de quanto foi o aumento e como comprar casa em 2024?

05 Jan 20242 min

Gostou do que leu? Partilhe!

Compra de casa é com a Casa no Minuto. Crédito habitação é com a Poupança no Minuto. Contacte a agência imobiliária e os intermediários de crédito e garanta a sua casa no próximo ano (as perspetivas são melhores). Leia os números em causa. 

Em 2023, as casas encareceram em 5,3% em 17 capitais de distrito 

Em 2023, as casas encareceram em 5,3% em 17 capitais de distrito, segundo dados do Idealista partilhados pelo Notícias ao Minuto

Agora, o custo por metro quadrado encontra-se nos 2.561 euros. Este foi “um cenário visível em quase todo o território português, já que as casas ficaram mais caras em 17 capitais de distrito em 2023, com Viana do Castelo a liderar as subidas (32,1%)”. 

Nas grandes cidades de Lisboa e Porto, a subida foi ainda mais acentuada que a média, com os dados divulgados a revelar um aumento de preços em 6,1% em Lisboa e 6,5% no Porto. 

A variação ao longo dos meses de 2023 foi mais acentuada a nível trimestral, em 2,8%, face a uma variação mensal de 1,2%

Nas 17 capitais de distrito em que os preços das casas subiram, Viana do Castelo lidera com um encarecimento de 32,1%, Funchal em seguida com 20,9% e Santarém com 15%. 

Logo a seguir vêm as seguintes cidades, com os respetivos aumentos: 

  • Ponta Delgada – 13,2%; 
  • Faro – 12,7%; 
  • Braga – 12%; 
  • Bragança – 10,6%; 
  • Viseu – 9,8%; 
  • Guarda – 9,3%; 
  • Castelo Branco – 8,1%; 
  • Porto – 6,5%; 
  • Leiria e Lisboa – 6,1%; 
  • Coimbra – 6%; 
  • Setúbal – 5,5% 
  • Aveiro – 0,8%; 
  • Évora – 0,6%. 

Mas, em certas cidades, os preços das casas diminuíram ao longo de 2023, como em Vila Real, -8%, e em Beja, 1,3%. 

Em 2024, as perspetivas para o mercado imobiliário são melhores 

Apesar de os preços em 2023 terem subido significativamente, em 2024 as perspetivas para o mercado imobiliário são melhores. 

Espera-se uma continuação da estagnação dos preços e uma possível redução dos preços nos vários distritos. 

Se quer comprar casa em 2024, atente ao mercado imobiliário e analise quais as opções disponíveis. Depois, pode contactar uma agência imobiliária para uma maior procura e contacto com os proprietários para agendamento de visitas. 

Um consultor imobiliário ajuda-o ainda, depois, com toda a burocracia, e negociação com a outra parte quanto ao valor do imóvel e condições da aquisição. 

Fale com a Casa no Minuto e saiba como encontrar a melhor casa para si, e com a Poupança no Minuto para encontrar o melhor crédito para si, no próximo ano! 

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Crédito habitação