BCE mantém taxas de juro inalteradas: “Momento certo para contratar melhores condições”

BCE mantém taxas de juro inalteradas: “Momento certo para contratar melhores condições”

Pela primeira vez em mais de um ano, o Banco Central Europeu (BCE) decidiu pausar a subida das taxas de juro, mantendo os valores inalterados. Segundo João Lemos, Diretor de Operações da Poupança no Minuto, este poderá ser “o momento certo para contratar melhores condições no crédito habitação”. 

30 Oct 20234 min

Gostou do que leu? Partilhe!

A taxa mista é uma das opções mais procuradas no mercado, atualmente, pelos portugueses com crédito habitação. Esta permite aceder a uma prestação mensal estável e mais baixa do que a prestação variável atualmente. Saiba mais contactando os intermediários de crédito da Poupança no Minuto.  

Para ficar a conhecer a decisão do BCE e o comentário do responsável de operações da Poupança no Minuto, leia em seguida. 

BCE decide manter taxas de juro inalteradas 

De acordo com a decisão do Banco Central Europeu (BCE), esta quinta-feira, as taxas de juro mantêm-se inalteradas, a par com o que se previu no mês anterior. 

A decisão veio colocar um fim ao aumento de juros que se tem vindo a observar desde julho de 2022. Contrapondo, o BCE anuncia que a inflação continuará a ser “demasiado elevada, durante demasiado tempo”, como se pode ler em publicação partilhada pelo Notícias ao Minuto

Em comunicado, citado pelo Notícias ao Minuto, o BCE anuncia que irá “manter as três taxas de juro diretoras inalteradas. A informação que tem vindo a ser disponibilizada confirmou amplamente a anterior avaliação das perspetivas de inflação a médio prazo”.  

Pelo que, a taxa de juro aplicável às operações principais de refinanciamento e as taxas de juro aplicáveis à facilidade permanente de cedência de liquidez e à facilidade permanente de depósito mantêm os valores de 4,50%, 4,75% e 4,00%, respetivamente. 

De acordo com a notícia da plataforma, o objetivo de médio prazo do BCE continua a ser assegurar a inflação nos 2%, sendo que considera que as taxas de juro diretoras estão agora em níveis capazes de contribuir para esse fim. Então, “futuras decisões do Conselho do BCE assegurarão que as taxas diretoras sejam fixadas em níveis suficientemente restritivos, durante o tempo que for necessário”, pode ler-se. 

Note que a constante subida das taxas de juro tem afetado o conjunto da economia, com principal destaque para o aumento das prestações de crédito habitação, em contratos com uma taxa de juro variável. 

“Pode ser a altura ideal para contratar uma taxa de juro mista” 

Segundo João Lemos, o Diretor de Operações do Intermediário de Crédito Poupança no Minuto (PNM), “a decisão do BCE na manutenção das taxas de juro confirma uma previsão sobre a necessidade de estabilização da pressão das taxas de referência denteo da UE, antevista na revisão anterior para que não houvesse uma nova alteração". 

O responsável da PNM explica também que esta decisão “veio reforçar a estabilização da pressão das taxas de juro, e consequentemente no orçamento das famílias, criando oportunidade para os bancos parceiros da Poupança no Minuto aplicarem novas soluções e propostas de taxas mistas atrativas, com referencial abaixo dos 4%, onde a Euribor se encontra atualmente”. 

Com foco na poupança dos financiamentos hipotecários, o especialista garante ainda que estas ofertas promocionais “permitem providenciar uma estabilidade nos encargos e menor pressão no orçamento das famílias nos próximos dois a quatro anos”, pelo que “pode ser o momento certo para contratar melhores condições no crédito habitação, comparativamente ao que temos assistido desde finais de 2022”. 

Atualmente, existem bancos a fazer campanhas de taxas mistas a partir de 3.35%, com isenção das comissões iniciais. Estas condições podem refletir-se numa prestação mensal do seu crédito habitação (significativamente) mais baixa do que se tiver o contrato com uma taxa variável. 

Para poder aceder a estas propostas, pode renegociar as condições do seu empréstimo, ou fazer uma transferência do crédito para um novo banco que lhe permita aceder à taxa mista. A transferência é um processo, por norma, sem custos e que pode equivaler a uma poupança com impacto no orçamento familiar. 

Contacte os intermediários de crédito da Poupança no Minuto para um serviço gratuito, que avaliará o seu caso específico, o livrará de burocracias, e o ajudará a comparar simulações e escolher a melhor proposta para si. Não deixe para amanhã, o que pode poupar hoje! 

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Crédito habitação