Taxa de poupança na zona euro aumenta, mas de investimento abranda

Taxa de poupança na zona euro aumenta, mas de investimento abranda

Os dados do Eurostat indicaram que, no terceiro trimestre do ano que passou, as famílias pouparam mais, mas não investiram tanto. Conheça os números e saiba como pode poupar com contratos de créditos e seguros. 

18 Jan 20242 min

Gostou do que leu? Partilhe!

Para poupar com as suas prestações mensais de créditos e seguros, por forma a aumentar o orçamento, pode falar com um intermediário de crédito da Poupança no Minuto que lhe indica rapidamente como o pode ajudar! Mas perceba, antes, os dados em causa. 

Dados revelam que poupança das famílias cresceu, mas não investiram tanto 

A taxa de poupança na zona euro dos agregados familiares subiu para 14% no terceiro trimestre de 2023. Porém, a par com o aumento da taxa de poupança, a taxa de investimento decaiu para 9,7% durante o mesmo período. 

Estes são dados do Eurostat, divulgados pelo Notícias ao Minuto, que determinam os dados entre julho e setembro de 2023.  

De acordo com os números, a taxa de poupança “avançou face aos 13,1% na comparação homóloga, tendo, no entanto, recuado na variação trimestral (14,3% no segundo trimestre de 2023)”. 

Face à comparação homóloga, a taxa de investimento familiar, contrariamente à de poupança, recuou face aos 10,2% e aos 9,8% do período anterior. 

Além disso, os dados do serviço estatístico da União Europeia também revelam que o investimento das empresas não financeiras da zona euro recuou para 22,9%, comparando com os 23,6% indicados no terceiro trimestre de 2022, e 23,1% do intervalo de meses entre abril e junho. 

Contudo, a margem de lucros das empresas decaiu para os 40,2%, comparando com os 41,5% do trimestre homólogo, e 40,7% do trimestre anterior. 

Quer poupar? Revisite os seus contratos de créditos e seguros 

Se quer fazer parte das famílias que aumentaram as suas poupanças, saiba que pode fazê-lo através dos seus contratos de créditos e/ou seguros

Tem um crédito habitação? Um seguro de vida? Dirija-se às entidades contratantes e tente renegociar as condições dos produtos, em primeiro lugar. 

Pode conseguir melhorar as condições, mas deve perceber se só essa ação chega. Isto porque pode até conseguir condições melhores se alterar os contratos de entidade. Fazendo uma transferência de crédito ou de seguro, pode atingir uma poupança bastante mais significativa na sua prestação mensal, e, até, ter condições mais adequadas a si (que as entidades atuais não consigam proporcionar). 

Para este processo, conte com a ajuda dos intermediários de crédito da Poupança no Minuto, que o apoiam do início ao fim de forma gratuita! Contacte-nos e perceba melhor o que podemos fazer por si. 

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Crédito habitação