Spread 0% no crédito habitação? Atenção às letras pequeninas

Spread 0% no crédito habitação? Atenção às letras pequeninas

Atualmente, existem bancos a promover propostas de crédito habitação com spread 0%, uma das taxas deste financiamento. Mas é sempre importante olhar para as letras pequeninas: Quais as condições necessárias para aceder a este tipo de propostas? Será que compensa face aos outros produtos que necessita de contratar? 

22 Nov 20234 min

Gostou do que leu? Partilhe!

Contratar um crédito habitação com spread 0%? Recorra a um intermediário de crédito para perceber se compensa e fazer uma simulação do seu caso específico. Na Poupança no Minuto disponibilizamos este serviço gratuito, basta contactar-nos! Ou leia, primeiro, as implicações de contratar as condições em causa, em seguida. 

Spread 0% sim, mas atente às condições subjacentes 

As propostas que estão a ser promovidas pelos bancos com um spread 0% nos créditos habitação agregam sempre outras condições subjacentes às quais deve estar atento. Vejamos quais. 

Além de ter um prazo específico até ao qual pode aderir, esta taxa nula fica apenas disponível durante dois anos e com vendas associadas facultativas

Pode aderir em créditos para aquisição de imóvel, obras ou transferência, com qualquer um dos regimes de taxa de juro, mas deve associar o empréstimo a uma conta à ordem no banco no qual contrata. 

Atente ainda que, para poder contratar estas condições, pode ainda ter de cumprir os seguintes requisitos: 

  • Domiciliar o vencimento na conta à ordem associada ao empréstimo do banco; 
  • Contratar um cartão de crédito com o valor mínimo de utilização correspondente a 100 euros mensais; 
  • Contratar um crédito ao consumo, ALD ou leasing automóvel com uma dívida mínima no valor de 1.000 euros; 
  • Domiciliar mais dois pagamentos mensais na conta à ordem associada ao crédito; 
  • Contratar o seguro de vida e o seguro multirriscos associados ao crédito habitação na seguradora parceira do banco. 

Um spread baixo não significa um crédito mais barato 

Note que ter um spread baixo não significa diretamente que vai ter um crédito mais barato. Existem outros fatores que vão impactar o valor total e mensal que vai pagar pelo financiamento. 

Por exemplo, ao necessitar de ter os seguros obrigatórios do crédito na seguradora parceira do banco já pode implicar, por si só, um custo maior do que contratar fora do banco. É possível alcançar uma grande poupança se contratar os seguros de vida e multirriscos noutra seguradora, mesmo com um spread mais alto.  

Deve sempre fazer as contas previamente, para perceber o que compensa. Para isso, peça simulações a vários bancos e compare as condições e o custo total de cada crédito. Dessa forma, consegue compreender se, efetivamente, um spread 0% implicará um custo mais baixo no crédito ou não. 

Para comparar propostas de crédito, olhe para dois aspetos: A Taxa Anual de Encargos Efetiva Global (TAEG) e o Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC). 

Isto porque a TAEG representa o custo que o crédito tem para o cliente anualmente, em percentagem do valor emprestado, e o MTIC engloba o valor total que o cliente tem de reembolsar ao banco ao longo de todo o prazo do contrato. Por isso, são duas medidas que, com condições de crédito semelhantes, permitem a comparação e escolha da proposta mais baixa.  

Então, lembre-se de que não deve apenas olhar para o spread aquando da análise da proposta mais barata, porque: 

  • Os requisitos subjacentes podem não compensar face à taxa nula; 
  • Existem outros encargos com mais peso no custo do crédito. 

Mesmo que encontre campanhas promocionais de taxa mista atualmente já com o spread a 0%, é possível encontrar também campanhas de taxa mista com spread acima dos 0% mais baratas. Ou seja, deve sempre olhar para o todo do custo que terá o crédito e conseguir a negociação do mínimo cross selling possível. 

Vamos à simulação do seu caso específico? Contacte os intermediários de crédito da Poupança no Minuto e perceba se ter um spread 0% ao contratar um crédito habitação poderá ou não ser benéfico para si! 

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Crédito habitação