Poupar no IRS? Não se esqueça de ir validando as faturas

Poupar no IRS? Não se esqueça de ir validando as faturas

Há alguns passos que tem de ir concretizando para que possa poupar no IRS do próximo ano: saiba quais. 

20 Dec 20232 min

Gostou do que leu? Partilhe!

Poupança é do que anda à procura? Se tem créditos e/ou seguros, podemos ajudá-lo a baixar as suas prestações mensais. Fale com a Poupança no Minuto agora, ou leia primeiro como poupar no IRS. 

Lembre-se de ir validando as faturas no e-Fatura 

Por forma a beneficiar o máximo das deduções de IRS, o que pode ir agora fazendo é validar as suas faturas no Portal das Finanças. 

O alerta é dado pela própria Autoridade Tributária (AT) nas suas redes sociais para que os contribuintes possam ter acesso ao máximo reembolso (ou aligeiramento do pagamento, se for o caso) deste imposto. 

“Tem validado as suas faturas? Recordamos que para beneficiar das respetivas deduções no IRS de 2023 deverá validar as suas faturas no portal e-fatura”, pode ler-se no Facebook da AT.  

Quanto menos faturas tiver pendentes no e-Fatura do Portal das Finanças, e mais for validando, maior pode ser o reembolso do IRS. 

Este ano, ainda não foi divulgado o calendário para os prazos de entrega do IRS em 2024, mas, por norma, tem até fevereiro para poder validar todas as suas faturas. 

Então, não se esqueça! Coloque lembretes e vá adiantando o processo o máximo que puder. 

Antes da validação: Deve pedir faturas com contribuinte 

Recuando: Para que possa validar as faturas tem de colocar, primeiro, o seu número de contribuinte nas transações que realiza. 

Por exemplo, quando faz compras de supermercado, solicite para que a fatura seja emitida com o seu contribuinte. 

Só assim estas faturas irão aparecer no seu e-Fatura do Portal das Finanças, para que as possa validar. 

Esta é uma das formas de poupar no seu IRS, aumentando o reembolso ou diminuindo o valor que terá de pagar, dependendo da situação. 

No caso de querer poupar com créditos e/ou seguros, pode contar com a nossa ajuda. Os intermediários de crédito da Poupança no Minuto ajudam-no, sem custos, a renegociar as condições dos seus contratos e a transferir os produtos para novas entidades, tudo para que possa baixar as suas prestações mensais. Contacte-nos para saber mais! 

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Crédito habitação