Ministério das Finanças realça que “taxa de inflação está no valor mais baixo dos últimos dois anos”

Ministério das Finanças realça que “taxa de inflação está no valor mais baixo dos últimos dois anos”

Em rede social, o Ministério das Finanças destacou que o valor de inflação registado em dezembro foi o mais baixo dos últimos anos. Perceba melhor, em seguida. 

19 Jan 20243 min

Gostou do que leu? Partilhe!

O orçamento pode ficar mais equilibrado com a baixa dos preços consequente do alívio da inflação, mas pode ficar ainda mais se optar por revisitar os seus contratos de créditos e seguros. Contacte um intermediário de crédito ou mediador de seguro da Poupança no Minuto e saiba que opções tem. Mas perceba, antes, o destaque dado pelo Governo aos dados em causa. 

Taxa de inflação de 1,4%, registada em dezembro, apontada como “a mais baixa dos últimos dois anos” 

Na rede social X, antigo Twitter, o Ministério das Finanças destacou que o abrandamento da taxa de inflação ocorreu em dezembro pelo quarto mês consecutivo. 

Face aos dados mais recentes, que indicam o valor de uma inflação a 1,4%, a entidade revela que este é o valor mais baixo registado nos últimos anos. 

"A inflação desce pelo quarto mês consecutivo, registando em dezembro 1,4%, o valor mais baixo dos últimos dois anos", refere o Ministério na publicação. Além disso “a taxa de inflação de 2023 fixou-se nos 4,3%, valor que fica abaixo dos 4,6% previstos pelo Governo no Orçamento do Estado para 2023”. 

Dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam ainda que a taxa de inflação marcada em dezembro foi 0,1 pontos percentuais abaixo de novembro, tendo equivalido a uma variação média de 2023 igual a 4,3% e em 2022 de 7,8%. 

“A diminuição da taxa de variação do IPC entre 2022 e 2023 foi influenciada pelo comportamento dos produtos energéticos com uma variação média anual de -9,0% (23,7% no ano anterior) e pela desaceleração da inflação subjacente e dos produtos alimentares não transformados, que registaram variações médias anuais de, respetivamente, 5,0% e 9,5% (5,6% e 12,2% em 2022)”, refere o INE, citado por notícia do Notícias ao Minuto. 

Quanto ao Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português, a taxa de variação média de 2023 foi de 5,3% (8,1% no ano anterior), e a taxa de variação homóloga foi de 1,9% em dezembro, menos 0,3 pontos percentuais que em novembro de 2023 e menos 1,0 pontos percentuais face ao valor que o Eurostat estimou para a área Euro. 

Esta é uma boa notícia para Portugal, mas pode ser ainda melhor 

Uma taxa de inflação mais baixa é uma boa notícia para Portugal, uma vez que se espera uma baixa nos preços, mas sabia que pode ainda melhorar mais o seu panorama pessoal? 

No caso de ter créditos e seguros, pode ser simples... pode conseguir aliviar as suas prestações mensais através da revisão dos produtos. 

Pois é, é possível comunicar com as entidades contratantes por forma a mostrar a sua insatisfação com as condições atuais, para que as mesmas renegociem os contratos. 

Para que baixem as prestações, podem sugerir-lhe a contratação de mais produtos para os seus contratos e, nesse caso, deve fazer as contas para saber se compensa face ao valor que vai pagar ou condições extra a que fica submetido. 

No caso de não compensar, também é simples... pode mudar os contratos de entidades, fazendo uma transferência para uma nova credora e/ou seguradora

O custo das transferências pode ser gratuito e a ajuda que o pode apoiar é, certamente, gratuita também. Os intermediários de crédito e mediadores de seguro da Poupança no Minuto ajudam-no ao longo destes processos, sem qualquer cobrança! 

Fale connosco e perceba melhor de que formas o podemos auxiliar a encolher os seus encargos e a rechear a sua carteira. 

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Crédito habitação