6 dicas para poupar com o Dia dos Namorados

6 dicas para poupar com o Dia dos Namorados

O Dia dos Namorados está aí à porta e ainda não preparou nada? Não se preocupe, leia 6 dicas de ofertas fáceis e baratas para o seu par. 

07 Feb 20243 min

Gostou do que leu? Partilhe!

O Dia dos Namorados, ou Dia de São Valentim, é celebrado em Portugal a 14 de fevereiro e é a desculpa perfeita para que casais possam celebrar ainda mais o seu amor. Mas não precisa de ser um dia motivado pelo consumismo: Muitas vezes, a presença, pequenas ações e gestos são o suficiente para mimar a cara-metade. Então, conheça 6 ideias de zero ou baixo custo para a celebração deste dia, em seguida. 

1. Organize uma surpresa digital 

Hoje em dia, com o mundo digital, é mais simples organizar surpresas pela internet, capazes de emocionar igualmente ou mais que uma grande prenda. 

Mas que tipo de surpresas digitais? Por exemplo, pode juntar algumas fotos e montar um vídeo, através de aplicações próprias e intuitivas.  

Também pode preparar um desafio online, como um inquérito, através de algumas perguntas sobre a relação, e, dependendo da quantidade de perguntas certas, oferecer pequenos gestos (como uma massagem, por exemplo). 

2. Instale apps de descontos  

Para que não gaste tanto dinheiro com presentes, procure por descontos. Existem aplicações agregadoras de descontos que mostram quais os descontos atuais que encontra nas lojas, nas várias categorias. 

Como é o caso destas apps: 

  • wOne 
  • Bownty  
  • Forretas.com 

3. Jantar: Cozinhem em conjunto 

Outro programa engraçado para que não gastem dinheiro em ir jantar fora a um restaurante, é cozinharem em casal. 

Podem optar por uma receita desafiante a fazer em conjunto, como, por exemplo, peças de sushi, e será logo uma noite diferente. 

4. Prenda DIY – Fazer à mão sai mais barato 

Esta dica é clássica: ao invés de comprar uma prenda mais dispendiosa, porque não comprar materiais e efetuar a sua própria oferta

A baixo custo pode, por exemplo, comprar uma moldura, imprimir uma fotografia, ou comprar um envelope para escrever uma carta ao seu par, e oferecer um memorando mais emocional. 

5. Não pode oferecer nada material? Ofereça vales de ações 

Se não quiser e não puder oferecer uma prenda material, não se preocupe. Existem formas de contornar esta questão! 

Uma boa ideia pode ser personalizar vales de ações, para que o seu parceiro/a possa recorrer a eles em diversos momentos. 

Ou seja, exemplificando, um vale de “Vale um dia a dizer-te que sim a tudo”, “Vale uma encomenda da tua comida favorita”, “Vale um dia com mais mimos que o costume”, “Vale uma noite de cinema com filmes à tua escolha”.  

Esta é uma forma de não ter um gasto imediato, e de promover mais as atividades em casal, fugindo ao consumismo

6. Pequenos gestos valem mais que grandes gastos 

Se romantismo é o seu forte, mas não quer deixar de poupar neste dia, lembre-se: Por vezes, pequenos gestos valem mais que grandes gastos. 

Porque não apostar em pequenos mimos ao longo do dia, para mostrar à sua cara-metade que se lembrou dela neste dia? 

Por exemplo, pode ir deixando posts its com pequenas mensagens pela casa, carro ou percurso da rotina do seu companheiro/a; caso morem juntos, começar o dia a levar-lhe o pequeno almoço à cama, enviar flores ou chocolates para o seu trabalho, ou deixar num sítio estratégico em que receba; cozinhar e preparar um jantar à luz das velas, entre outros gestos que não impliquem um grande custo

Estas são algumas ideias para que possa poupar ao máximo com este dia, mantendo a sua presença (e chama) acesa. 

Se quiser poupar com outros encargos, como créditos e seguros, saiba que existem algumas opções como a revisão dos contratos ou transferência dos mesmos para outras entidades. Caso queira perceber quanto poderia poupar com estas soluções, fale com um intermediário de crédito/mediador de seguros da Poupança no Minuto

Newsletter

Assine a nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo.



Simuladores